A produção da Sony PicturesEmoji: O Filme‘, assim como suas animações recentes não foi muito boa, ‘Emoji‘ é um filme completamente publicitário onde o foco é divulgar aplicativos como Instagram, facebook e outros.

Assim como os filmes da Disney ‘Emoji: O Filme’ tem como base aquela aventura em que o seu personagem principal está em busca de algo que o mude ou pra que aconteça alguma mudanca, porém esses personagem passam por situações que o façam mudar de ideia e ver que não precisam daquilo. Mas diferente das animações da Disney, não é uma animação engraçada e sim muito perdida!

Tony Leondis criador e diretor do filme deixa a desejar com esta obra. Leondis tem uma ótima lista de boas animações em seu currículo, como ‘Kung Fu Panda‘ e ‘Lilo & Stich‘, mas ‘Emoji: O Filme‘ definitivamente não entra para esta lista.

Textopolis a cidade dos emojis de mensagem, localizada no celular de Alex, um garoto do ensino médio que como qualquer outro da sua idade é viciado no celular, tenta formatar o aparelho depois de algumas confusões com ele.

Gene é um o emoji 😕 que tenta desempenhar seu trabalho como um “é…”, porém ele tem vários talentos que não consegue controlar, ele ser qualquer emoji que quiser e quando Alex tenta enviar Gene em uma mensagem de texto ele fica nervoso e não consegue fazer sua carinha o que não é bem visto por seus ‘colegas de trabalho’ que o tentam apagar do programa.

Gene embarca nesta aventura tentando ir para a nuvem junto com o ✋🏼 e uma hacker para tentar se reprogramar para que enfim ele possa ser o emoji (😕) que nasceu para ser.

Apesar de ser um filme infantil, é rodeado de publicidade, em alguns momentos os viajantes entram em alguns aplicativos como Spotify onde cada música é uma onda musical, o filme é cercado de momentos como esse o que acaba tirando o foco da aventura principal do filme e dando lugar a publicidade e ao Marketing dos aplicativos.

O filme teria potencial para uma grande animação, porém não é nada além de um trama vazia e cheia de publicidade, quando foi anunciado à alguns anos atrás a dúvida sobre esse filme era grande a espectativa também, mas é um filme que não faz sentido que deixa a trama de lado para dar lugar ao marketing.

Notícias relacionadas