Dia: 5 de Dezembro, 2017

É, dezembro chegou com tudo e não poderíamos deixar de comentar sobre o marco do último mês de 2017, o Natal! A época de magia, presentes, comidas, família e amigos por perto e para celebrar um dos melhores momentos do ano, não poderíamos deixar de compartilhar os melhores filmes de Natal! HO HO HO…

Tem clássico, tem comédia e tem até lançamento. Confere aí!

Esqueceram de mim (Home Alone, 1990)

Uma família viaja na época de Natal e esquece o filho caçula em casa. O garoto de apenas oito anos é obrigado a se virar sozinho e defender a casa de dois insistentes ladrões. Um verdadeiro clássico que ainda tem a sequência de outros dois filmes.

https://www.youtube.com/watch?v=AHo15zjjUok

O Natal de Charlie Brown (A Charlie Brown Christmas, 1965)

Apesar de ser um curta, mais clássico que esse, impossível! Incomodado com a exaltação do mundo comercial e dos altos gastos, Charlie Brown tenta encontrar o verdadeiro significado do Natal. Especial de final de ano dos Peanuts. Amamos!

Edward Mãos de Tesoura (Edward Scissorhands, 1990)

Uma vendedora acidentalmente descobre Edward, interpretado por Johnny Depp, que mora sozinho em um castelo no topo de uma montanha, ele foi criado por um inventor que morreu antes de dar mãos ao estranho ser, que possui apenas enormes lâminas no lugar delas. Assim ele é impedido de se aproximar dos humanos, a não ser para criar novos cortes de cabelos, podar a jardins em forma de figuras ou esculpir imagens no gelo. Um clássico de Tim Burton que conquista os corações de todos na época de Natal!

https://www.youtube.com/watch?v=__dB7t0853U

Um duende em Nova York (Elf, 2003)

Buddy, o personagem principal interprado por Will Ferrell foi criado no Pólo Norte e, apesar de ser um humano, acaba se transformando em um elfo. Ele tem problemas na onde vive e resolve partir pra Nova York. Seu objetivo é encontrar seu pai, mas se decepciona ao saber que ele não acredita em Papai Noel. Em NY tudo acontece né?!

O Expresso Polar (The Polar Express, 2004)

É véspera de Natal e um garoto, interpretado por Tom Hanks está acordado esperando que algo aconteça para que ele acredite na magia do Natal novamente. Após ouvir um grande barulho, ele vê à sua frente um trem negro com destino ao Pólo Norte, cujo condutor o convida para embarcar. Quem já viu esse?

Os Fantasmas de Scrooge (A Christmas Carol 1951, “remake” em 2009)

Você quer aventura e magia? Tudo o que nós amamos! O Natal está cada vez mais próximo e o Sr. Scrooge, mesquinho e milionários, segue desprezando a data como em outros anos. Com a morte de seu sócio, ele recebe a visita de três fantasmas do Natal: do passado, do presente e do futuro, que o levam para uma viagem que o ajudará a refletir melhor sobre sua vida. Emocionante né?!

O Grinch (How the Grinch Stole Christmas, 2000)

Com muita comédia e fantasia, um Grinch, interpretado pela grande Jim Carrey, que odeia o Natal resolve criar um plano para impedir que os habitantes da pequena cidade de Quemlândia possam comemorar a data festiva. Para tanto, na véspera do grande dia, o Grinch resolve invadir as casas das pessoas e furtivamente roubar delas tudo o que esteja relacionado ao Natal.

O Amor Não Tira Férias (The Holiday, 2006)

Esse conta a história de Iris, interpratada por Kate Winslet, que escreve uma coluna sobre casamento no Daily Telegraph, de Londres. Ela está apaixonada por um homem, mas descobre que ele está prestes a se casar com outra. Em outro lugar, Los Angeles, está Amanda, interpretada pela musa Cameron Diaz, que é dona de uma agência de publicidade especializada na produção de trailers de filmes. Ela descobre que seu namorado não tem sido fiel e encontra na internet um site especializado em intercâmbio de casas. Ela e Iris entram em contato e combinam a troca. Logo a mudança trará reflexos na vida amorosa de ambas, com as duas se envolvendo com outros homens e superando essa bads da vida. Gente como a gente né?!

https://www.youtube.com/watch?v=aoOXQcH0-A4

Um Natal Muito, Muito Louco (Christmas with the Kranks, 2004)

Talvez o melhor filme de comédia no Natal! Simplesmente todo mundo queria estar vivendo isso para ajudar nas burradas dos Kranks! Eles sempre passaram o Natal juntos, mas este ano será diferente. Com a filha, Blair, trabalhando como voluntária no Peru, Luther, interpretado por Tim Allen, e Nora por Jamie Lee Curtis, já estão se conformando em ter que passar um Natal solitário. Até que ele vê um cartaz exposto em uma agência de viagens, anunciando uma excursão ao Caribe. Ao fazer as contas Luther percebe que, caso sua família não tenha uma festa natalina, ele e Nora poderão viajar. Inicialmente relutante, Nora acaba concordando com a ideia. Porém ela não agrada os vizinhos do casal, principalmente após Luther decidir não colocar no telhado seu tradicional boneco de neve iluminado, o que pode fazer com que a rua em que mora não ganhe o tradicional concurso de decoração natalina. Após várias desavenças com os vizinhos, os Kranks são obrigados a mudar de planos quando Blair liga e avisa que poderá passar o Natal em casa com eles, dando-lhes apenas 24 horas para organizar tudo.

O Príncipe do Natal (A Christmas Prince, 2017)

Esse é novidade para todos nós e a Netflix fez o favor de nos presenciar no mês passado. É literalmente o clichê que queremos viver! Uma jovem jornalista recebe um belo presente de Natal ao ser enviada para cobrir a história de um príncipe prestes a se tornar rei. A história se desenvolve com muita emoção, paixão e aventura. Sem spoiler, pois esse com certeza você ainda não viu! Corre lá!

Gostaram?! Acho que já deu pra entrar no clima! Jingle bell, jingle bell.. Jingle all the way…

(A maioria das sinopses são derivadas do site Adoro Cinema).

A Vanity Fair liberou nesta segunda-feira, (4), a sua lista das 17 melhores músicas pop do ano, e na lista estão nomes como Demi Lovato, Selena Gomez, Lorde, Taylor Swift, e Kesha.

A publicação não diz diretamente as canções escolhidas, mas traz grande destaque para “Bodak Yellow (Money Moves)”, da Cardi B, elegendo a faixa como o hit mais surpreendente de 2017, conseguindo tirar “Look What You Made Me Do” de Taylor Swift do topo da Billboard, e se tornando a música mais universal do ano, e continua dizendo que os cantores saíram de sua zona de conforto seja para qualquer estilo escolhido, finaliza a publicação trazendo a revelação de novos cantores que vem ganhando espaço na indústria e nos recheando de trabalhos impecáveis.

Confira abaixo a seleção da Vanity Fair como as melhores músicas de 2017:

Cardi B. – “Bodak Yellow (Money Moves)”
Demi Lovato – “Daddy Issues”
Sampha – “No One Knows Me (Like The Piano)”
Charlie Puth – “How Long”
Paramore – “Forgiveness”
Lorde – Homemade Dynamite
Rihanna em “Wild Thoughts” (DJ Khaled), “Selfish” (Future), “Loyalty” (Kendrick Lamar), e “Lemon” (N.E.R.D.).
Selena Gomez – “Bad Liar”
Future – “Mask Off”
Taylor Swift – “Delicate”
SZA – “Drew Barrymore”
Kendrick Lamar – “HUMBLE.”
Kesha – “Praying”
Carly Rae Jepsen – “Cut to the Feeling”