Caso você não esteja vivendo debaixo de uma pedra, já pelo menos ouviu falar do filme Me Chame Pelo Seu Nome (Call Me By Your Name). Já ate chegamos a fazer uma matéria sobre o filme aqui, aqui e sobre Timothée Chalamet, que faz o Elio no filme, aqui.

Desde seu lançamento nos cinemas, muitos dos fãs ficaram curiosos se haveria uma segunda parte da historia de amor entre Elio e Oliver, já que no livro a historia também mostra os dois 20 anos depois de terem vivido um romance no verão italiano. E para a alegria dos fãs do filme, Luca Guadagnino, diretor de CMBYN, haverá sim uma segunda parte. Porém teremos que esperar até 2020.

Em entrevista para a W Magazine, Luca disse que quer fazer uma sequência da história, pois o que Armie Hammer (Oliver), Timothée Chalamet (Elio Perlman), Esther Garrel (Marzia), Amira Casar (Mrs. Perlman)  e Michael Stuhlbarg (Mr. Perlman) criaram é algo muito consistente. “Nós criamos  um lugar onde você acredita em um mundo antes deles”. E o diretor já tem uma ideia de como será a sequência. Luca pensa em falar sobre a AIDS, que na época em que o filme se passa, virou uma epidemia. “Acredito que vá ser uma parte muito relevante da história”.

O ator Timothée Chalamet, o diretor Luca Guadagnino e o ator Armie Hammer

 

Segundo Guadagnino, Elio será um cinéfilo, e Luca já imagina a primeira cena da futura sequencia “(…) eu gostaria que ele estivesse no cinema assistindo ao filme Once More, do diretor Paul Vecchiali, sobre um homem que se apaixona por outro homem depois de deixar sua mulher, que foi o primeiro filme  francês a lidar com a AIDS.”

Luca Guadagnino também afirmou que Elio não necessariamente gosta apenas de homens, “Eu não acho que Elio será gay. Ele não achou seu lugar ainda. Posso dizer que acredito que ele começará uma relação intensa com Marzia (Esther Garrel) novamente.”.

A atriz Esther Garrel, como Marzia, em cena de Call Me By Your Name

Já sobre como a relação entre Elio e Oliver poderia continuar, e se for continuar, o diretor disse que o livro tem 40 paginas até o final do livro que vai até os próximos 20 anos da vida dos dois, e que então tem uma indicação, vinda do autor André Aciman, de que a historia pode continuar. “Na minha opinião, Call Me By Your Name pode ser o primeiro capitulo de uma crônica da vida dessas pessoa que conhecemos nesse filme, e se a primeira é sobre crescer e virar um jovem adulto, talvez o próximo capitulo seja sobre qual e a posição desse jovem adulto  no mundo, o que ele quer, e o que sobrou anos depois de um ‘soco’ emocional que o fez ser quem ele é.“.

Parece por enquanto que teremos que esperar alguns anos para sabermos como estarão esses personagens que conquistaram o coração de tanta gente.

Fonte: W Magazine

Notícias relacionadas