Dia difícil para quem era fã da novela/grupo mexicana/mexicano Rebelde e do ator Alfonso Herrera, que fazia o personagem Miguel.

Em uma entrevista publicada ontem (5) o ator contou o real motivo do fim do grupo em 2008. Segundo Alfonso, em 2008, quando o contrato do grupo estava chegando ao fim, os seis integrantes (Anahí, Alfonso, Dulce Maria, Maitê Perrone, Christopher Uckermann e Christian Chavez) se reuniram para conversar sobre futuro do grupo.

O ator conta que na reunião, expôs que queria dar uma atenção maior para a atuação, mas os executivos da Televisa rejeitaram a ideia. Só que o problema era: eles tinham um acordo que se um deles saísse, o grupo acabava. Como Alfonso estava decidido a dar mais atenção para a carreira de ator, aconteceu o fim do RBD.

Alfonso disse que expôs aos colegas que gostaria de dar mais atenção a sua carreira como ator, porém os executivos da Televisa rejeitaram seu pedido.

Você pode conferir esse momento nesse vídeo (Alfonso fala sobre isso por volta de 9:50):

 

A noticia fez com que fãs da novela e do grupo ficassem divididos entre ficar com raiva do ator, e pensar ” já terminou…não tem muito o que fazer agora.” Qual a sua opinião sobre?

 

Notícias relacionadas