Gloria Groove começou 2019 com tudo! De pé direito, a cantora lançou “Coisa Boa”, uma das grandes apostas para ser o hit do carnaval desse ano. A faixa é produzida por Dogz, além de ser um funk 150bpm que está super em alta. Se você ainda não assistiu o videoclipe, ele é dirigido por Felipe Sassi e contém influências pop.

Tivemos a oportunidade de conversar com a drag sobre o single, seus planos para este ano, Pabllo Vittar, Lia Clark e muitos outros assuntos.

Vem conferir!

Primeiramente, “Coisa Boa” precisa ser o hit do carnaval. A faixa é fantástica! Como surgiu a ideia e quais são as inspirações da música e do videoclipe?
GG: A música é um experimento meu e dos Dogz (Sergio Santos, Pablo Bispo & Ruxell) com o funk 150bpm que tem se popularizado bastante, e a ideia é que fosse uma faixa não só de fervo mas de luta. O vídeo na temática “cárcere” vem da mente brilhante do diretor Felipe Sassi, que compartilha comigo inúmeras influências da cultura pop.


Se fosse pra incluir alguma participação em “Coisa Boa”, quem você chamaria?
Poxa, pagaria pra ver um verso do Rincon Sapiência ou da Karol Conká nessa pegada!

Drag Queens estão em alta na indústria musical em nosso país. O quão importante é isso pra você?
É de extrema importância que figuras historicamente marginalizadas ocupem espaços de sucesso e notoriedade; principalmente levando-se em conta o atual cenário político.

Pabllo Vittar, Lia Clark, Aretuza, são grandes nomes da cena drag. Porém, existe alguma que você gostaria que o público conhecesse?
Sim! Indico logo de cara minhas irmãs do Armário de Saia, também Sabrina Sister, Butantan, Mia Badgyal, Thereza Brown… muitas queens jovens, talentosas e brasileiras.


Se você não estivesse fazendo música atualmente, aonde você acha que estaria?

Acredito que me dividindo entre dublagem e teatro musical. São outras vertentes que seguem sendo paixões pra mim.

2019 ainda está só começando, com música nova. Quais são os planos para o ano? Esperamos que um álbum esteja incluído.
Novos horizontes, novas possibilidades, novos engenheiros de som, novos profissionais de audiovisual, outros países, um novo instrumento, um novo estilo, um novo projeto de faixas inéditas…

Você pode deixar uma mensagem para os visitantes do site?
Fico muito feliz de fazer a diferença de alguma forma na vida de cada um que acompanha minha jornada. Fazer música e ser uma drag queen são os maiores presentes da minha vida, e é um orgulho compartilhar tudo isso com vocês. Seguiremos orgulhosos e resistentes.

Notícias relacionadas