Baseado em fatos reais, documentados e publicados por David Sheff, em “Beatiful Boy – A Father’s Journey Through His Son’s Addiction“, e por Nic Sheff, em “Tweak: Growing Up On Methamphetamines“, o filme Beautiful Boy (ou Querido Menino, em português) mostra a difícil, intensa e delicada jornada de um pai (David Sheff, interpretado por Steve Carell) e um filho (Nic Sheff, interpretado por Timotheé Chalamet) na longa jornada de Nic com o vício em drogas.

O drama, que tem 2h1min de duração, mostra da forma mais verdadeira, honesta e bruta possível a realidade de uma pessoa viciada em drogas e bebida, e como isso não afeta apenas o usuário, mas também sua família.

Nic Sheff e Timotheé Chalamet (Créditos: site MSN)

 

Usando a técnica de ir e voltar no tempo, para poder contar de forma diferente a história de dependência de Nic, sua relação com as drogas e com o pai e a luta para parar com o vício, – técnica que nem sempre é bem sucedida -, o filme faz o telespectador conhecer pai e filho e sua relação de forma interessante e que prende o telespectador mais ainda, mas sem fazer a história perder seu sentido.

Timotheé e Steve em cena do filme (Créditos: The Fix)

 

Beautiful Boy, ou Querido Menino, é um filme muito visual, mas não  no sentido de cenário,  mas sim em como a história é contada e em seus acontecimentos. O filme tem importantes, interessantes e fortes diálogos, é claro, mas o que marca o drama são os acontecimentos visuais, como as cenas em que Nic está perdido pelas ruas após consumir droga, ou a cena em que David encontra um caderno no quarto do filho com frases e pensamentos perturbadores e preocupantes, entre outras cenas.

Timothee Chalamet, Nic Sheff, David Sheff, Steve Carell (Créditos: site Verge Campus)

 

Em uma entrevista ao site The Know, Steve Carell disse que muito do filme é sobre o sentimento que você sente baseado pelas circunstâncias das cenas, que não precisa ser definido em nada além do que o telespectador está vendo e sentindo, e acredito que isso seja muito importante de falar, pois é exatamente assim.

Além disso, na mesma entrevista, Timotheé disse que o filme o fez entender que o vício não tem uma cara, e ao assistir você entende o que ele quer dizer, pois em alguns momentos Nic parece estar muito bem, se cuidando e longe das drogas, quando na verdade ele está sob o efeito delas.

Cena do filme Beautiful Boy (Créditos: Central Comics)

 

A fotografia e a direção do filme são ótimas e a atuação de Steve Carell e Timotheé Chalamet são brilhantes. Os dois atores se deram muito bem durante as filmagens, e Timotheé afirmou em diversas entrevistas de divulgação do filme que estar atuando com um ídolo como Steve era um sonho. A parceria entre eles sem sombra de dúvidas fez com que o filme, que trata de um assunto tão sério e delicado e que é um tópico que está presente na vida de tantas pessoas e suas famílias e amigos, ficasse mais verdadeiro.

E, caso você decida assistir a este brilhante filme, saiba que a cena em que Nic, David, a madrasta de Nic e seus dois meio irmãos mais novos, Jasper e Daisy, estão almoçando e Nic e David começam uma brincadeira de contar uma história e do outro continuar de forma aleatória, aconteceu na verdade em um momento de descontração do elenco, mas que acabou indo para o corte final.

 

 

 

 

 

 

Notícias relacionadas