Dia: 17 de Janeiro, 2020

A cantora Gabily lançou recentemente seu mais novo single, “Jogadão“, que tem participação de FP. A canção foi composta pela propria cantora, Jefferson Junior e Umberto Tavares. Já o clipe, é dirigido por Rômulo Menescal e Vinicius Olivo, trazendo um Gabily mecânica toda sensual e toda de si.

O clipe já ultrapassa a marca de 187 milhões de visualizações e promete ser o hit do verão! Assista:

Para quem quer aprender todos os passos e arrasar nas baladas, a cantora também disponibilizou um vídeo coreografia. Confira:

Pe – dro Sampaio, vai! Sucesso no país inteiro com a canção “Sentadão“, Pedro Sampaio consegue mais um marco para a sua carreira com esse hit. O single nada mais, nada menos entrou no top 200 global, a faixa aparece em 194º lugar na parada do serviço de streaming com 695 mil reproduções em um dia, e promete subir a posição!

A música tem produção de JS o Mão de Ouro, Pablo Bispo, Ruxell e Sergio Santos, além do próprio cantor. E já passa dos 60 milhões de visualizações do YouTube, é a 2ª música mais tocada no Brasil atualmente e acumula 30,5 milhões de streams. No Instagram, Pedro fez um post de agradecimento aos números estrondosos no YouTube. Confira:

Na próxima terça – feira, 21, estreia a nova edição do Big Brother Brasil, e a maioria do pessoal estava aflito para saber: Quem são os novos moradores da casa mais vigiada e como está a decoração deste ano? que prometeu grandes novidades com o tema “Releitura de edições marcantes”.

E para mostrar a nova casa, a produção do BBB convidou diversos influenciadores como Thaynara OG, Lorena Improta, Jade Seba, Blogueirinha, Justin Neto entre outros para passar algumas horas desfrutando o que os participantes terão nesta nova temporada. Confira a nova decorção do BBB20:

https://twitter.com/comentoubbb20/status/1218245675378495488

https://twitter.com/FATEsArt/status/1218288163149484033

https://twitter.com/comentay_/status/1218283963535581186

Já o time de de participantes serão revelados neste sábado, (18), durante a programação da Rede Globo.

O filme “A Divisão” é para aqueles gostam de ação e têm muito fôlego. Baseada em uma história real, a trama aborda uma onda de sequestros que invadiu o Rio de Janeiro no final da década de 1990. Dirigido por Vicente Amorim e produzido por José Júnior, o longa-metragem coloca a polícia e o crime lado a lado em uma narrativa que apresenta muitas semelhanças com Tropa de Elite, mas ganha um estilo próprio no decorrer dos acontecimentos.

Com estreia marcada para o dia 23 de janeiro nos cinemas, o filme surgiu a partir de uma série da Globoplay, lançada em julho do ano passado, e foi construído com base na primeira temporada, composta por cinco episódios. Apesar da história ser apresentada em dois produtos diferentes, ela pode ser vista separadamente em cada um deles.

A série, obviamente, traz detalhes que a película não apresenta – mas que poderiam ter sido adaptados de alguma outra maneira -, com um desfecho maior a partir do último episódio e a inserção de novos personagens. Mas é provável que a decisão tenha sido tomada pelo tempo de duração do longa (mais de duas horas) e uma possível continuação da obra.

O problema, porém, é que ainda assim o filme se torna um pouco extenso e a mudança no roteiro original, em relação a série, pode causar certa confusão sobre o envolvimento de determinadas pessoas no crime principal.

Protagonizado por Silvio Guindane e Erom Cordeiro, o longa soube fazer bom uso da câmera subjetiva ao colocar o espectador no meio do fogo cruzado como parte da cena. A fotografia, a maquiagem realista que faz você se perguntar se é algo verdadeiro ou não, o balanço proposital dos cinegrafistas nos conflitos e o aproveitamento do silêncio nos momentos certos tornam a produção muito mais quente e emocionante. Quem estiver assistindo é capaz até de segurar a própria respiração. Inclusive, as cenas de tortura e assassinato estão entre as mais impactantes. Nada foi borrado ou escondido e sangue é o que não falta no cenário.

Mas não é só a composição que pode tornar o filme uma grande aposta do cinema nacional. A atuação de Silvio no papel de Mendonça, delegado titular conhecido pelo seu temperamento violento nas operações, é uma das mais fortes. Frio nas cenas que exigem a caracterização de um policial que não poupa a vida de um bandido, o ator consegue transparecer ao mesmo tempo a emoção, a aflição e a preocupação em que o personagem está inserido.

Ao seu lado, Erom Cordeiro trouxe para a tela um policial corrupto, mas não muito adepto aos tiros, diferente do colega da profissão. O personagem, bem eficiente na captura de criminosos, apesar dos apesares, se mostra disposto a terminar o que lhe foi passado. Juntos na Divisão de Antissequestro (DAAS), ambos assumem a missão de desmontar as quadrilhas de sequestro que transformaram o crime em indústria.

Mas uma das atuações mais surpreendentes foi a de Hanna Romanazzi. A atriz, que interpreta a filha sequestrada de um deputado, não recebeu um papel de muitas falas, mas conseguiu dizer tudo que precisava sem abrir a boca. Seu maior desafio foi passar todo o sentimento de sua personagem através de suas expressões e de seu choro. E ela cumpre isso muito bem.

“A Divisão” tem tudo para conquistar o público. Com um elenco formado ainda por Natália Lage, Vanessa Gerbelli, Thelmo Fernandes, Dalton Vigh, Rafaela Mandelli, Cinara Leal, Augusto Madeira, Osvaldo Mil e Marcos Palmeira, a produção aborda a corrupção, o homicídio e a sede de poder de uma forma concreta.

No longa, todos os personagens têm um desvio de caráter e ninguém é herói na história. É uma trama que mostra como o dinheiro e o interesse são levados pelos mais fracos e pelos mais fortes. E quem parece inocente pode ter seu momento de prova. Afinal, não é uma questão de vida, mas sim de quem será salvo. E no fim todos querem ser.

Fotos: Divulgação

Foto: Instagram/Reprodução

Camila Cabello foi uma das convidadas do Late Late Show, comandado pelo genial James Corden, na madrugada desta sexta-feira (17).

No quadro Riff Off”, onde acontece uma disputa musical entre décadas, Camila e James, acompanhados do coral Filharmonic, cantaram diversos hits dos anos 1999 e 2019. Confira o vídeo abaixo:

Defendendo 2019, a cantora de 22 anos cantou “Old Town Road”, do Lil Nas X, e “If I Can’t Have You”, de seu namorado Shawn Mendes. Time 1999, James Corden soltou a voz em “Livin’ La Vida Loca”, sucesso de Ricky Martin, e em “Smooth”, da banda americana Santana. Ao final, os dois apresentaram a música “Señorita”, de Camila e Shawn.

Demais, né? A gente ama quadros musicais como este! 

É verdade o que dizem: “Um artista nunca morre, vive em sua arte”. E assim foi com Mac Miller, que infelizmente nos deixou em 2018 mas que segue vivo em sua arte, e o que prova isso é o lançamento de ‘Circles‘, álbum póstumo do rapper que veio acompanhado do clipe para a música ‘Complicated‘.

Segundo revelou sua gravadora, Mac tem diversas músicas gravadas que ainda podem ser lançadas futuramente. O mesmo já ocorreu com Michael Jackson, Witney Houston e Elvis Presley. ‘Circles’ é o sucessor de ‘Swimming’, álbum lançado um mês antes do falecimento do cantor por overdose acidental.

Sempre trazendo muito conceito e surpreendendo em seus lançamentos, o grupo coreano BTS lançou um clipe artístico para ‘Black Swan‘, que faz parte do novo álbum ‘Map of the Soul:7‘. O vídeo conta com a performance do grupo de dança ‘MN‘. Confira:

‘Map of The Soul: 7’ é a continuação de ‘Persona’ e será lançado dia 21 de Fevereiro.

Prestes a iniciar a venda dos ingressos no dia 20/01, o Festival Grls! vem incrementando ainda mais sua lineup repleta de mulheres importantes no mundo da música! A mais nova atração anunciada foi a cantora paraense Gaby Amarantos, que promete agitar o festival e não deixar ninguém parado.

Gaby se junta a Iza, Little Mix, Kylie Minogue e Linn da Quebrada no festival que acontece nos dia 7 e 8 de Março de 2020 no Memorial da América Latina em São Paulo. As vendas começam em breve, fique de olho no Conexão Pop e no site oficial para não perder nada!

Após percorrer e ser aclamado em diversos festivais pelo mundo, ‘Marighella‘, longa que conta com a direção de Wagner Moura vai finalmente chegar as telas de cinema do Brasil. Era para a obra ter estreado no Brasil em novembro do ano passado, mas na época a ANCINE (Agencia Nacional do Cinema) passava por grandes mudanças e novas regas acabaram impedindo que os filmes chegassem aos cinemas.

Agora ‘Marighella’ está previsto para estrear nos cinemas brasileiros no dia 14 de Maio de 2020. Produzido pela O2 Filmes e distribuído pela Paris Filmes, o longa ainda conta com a participação de Seu Jorge, confira o trailer:

Sinopse Oficial: 1969. Marighella não teve tempo pra ter medo. De um lado, uma violenta ditadura militar. Do outro, uma esquerda intimidada. Cercado por guerrilheiros 30 anos mais novos e dispostos a reagir, o líder revolucionário escolheu a ação.

Em “Marighella”, filme dirigido por Wagner Moura, o inimigo número 1 do Brasil tenta articular uma frente de resistência enquanto denuncia o horror da tortura e a infâmia da censura instalados por um regime opressor. Em uma experiência radical de combate, ele o faz em nome de um povo cujo apoio à sua causa é incerto — enquanto procura cumprir a promessa de reencontrar o filho, de quem por anos se manteve distante, como forma de protegê-lo.

Finalmente ‘Manic‘ está entre nós! Halsey lançou nesta sexta (17/01) seu terceiro álbum de estúdio, que conta com os hits ‘Graveyard‘ e ‘Without Me‘, canção que inclusive foi composta aqui no Brasil, durante a passagem da cantora em 2017.

O novo trabalho de Halsey se mostra veraneável, sensível e verdadeiramente expressado em cada palavra. O disco ainda conta com algumas participações especiais, como Alanis Morissette, Dominic Fike e Suga, integrante do grupo BTS com quem a cantora colaborou ano passado na faixa ‘Boy With Luv‘.