Dia: 29 de Janeiro, 2020

A talentosa e ganhadora de 3 estatuetas do Grammy, Lizzo, desembarca no Brasil na proxima semana, quinta feira, (6), para um show exclusivo no Rio De Janeiro.

A cantora e compositora carrega diversos hits como “Truth Hurts“, “Good as Hell“, “Cuz I Love You” e “Juice” que provavelmente nao deve ficar de fora da setlist. Esse show é para o projeto YouTube Music Night, uma parceria do YouTube e Warner Music Brasil, que tem a proposta de disponibilizar partes das músicas apresentadas na plataforma. Vai ser incrivel!!

Lizzo conta com 9,2 milhões de seguidores em suas redes sociais, mais de 25 milhões de ouvintes mensais, ultrapassando 1 bilhão de streams. No YouTube, seus clipes já bateram a marca de 500 milhões de visualizações e o Brasil é o quinto país que mais consome os vídeos da artista. Isso se chama: ÍCONE

Dallas Green, criador do projeto folk rock City and Colour, irá se apresentar no Lolla Parties dia 31 de Março, no Cine Joia em São Paulo. Ele também se apresenta em Porto Alegre 1 de Abril e segue para show no Rio de Janeiro dia 3 de Abril, no dia 4 ele sobe ao palco no Lollapalooza Brasil que acontece no Autódromo de Interlagos em São Paulo.

As vendas oficiais para o Lolla Parties acontecem pelo site da Tickets For Fun, outras atrações devem ser anunciadas em breve para shows fora do festival principal. Fique ligado no Conexão Pop para não perder nenhuma informação. Clique aqui para conferir a lineup completa do Lollapalooza.

Na música desde 2015, Samantha já é bem conhecida no cenário eletrônico, apesar de tentar não se prender a um único gênero. Sagitariana com ascendente em Leão, não haveria dúvidas de que a sua carreira seguiria pelo lado artístico, como ela mesma diz. Dona de uma criatividade invejável e de uma voz forte que faz jus às suas letras, a paulistana não é mulher de uma palavra só. Sempre aberta a ouvir e contar histórias, limitação é algo que foge do seu vocabulário.

Com uma versão recém lançada de “Nunca Vai Mudar”, agora acústica e com as rimas do francês Thibaud, Samantha já anunciou seu novo álbum: “MVLTIFVCETVDV EM LVPIDVCVO CONSTVNTE” (ou “Multifacetada em Lapidação Constante”). Dividido em três volumes, o primeiro deles, com cinco faixas, já está disponível nas plataformas digitais.

Em uma conversa espontânea com o Conexão POP, a artista contou o significado por trás do nome do disco, falou de seu envolvimento com diferentes estilos musicais e comentou os projetos que virão por aí. Vem conhecer um pouco mais!

CP: Como surgiu o nome do álbum e qual o significado por trás da estilização?

Samantha: Sempre que me fazem essa pergunta sobre o significado da frase em si, lembro da época do Orkut, em que a gente tinha aquela aba “Quem Sou Eu”. Eu sempre achei essa pergunta bem difícil de responder, porque não é fácil você resumir o que você é em uma frase só. E  pensando em respostas que fossem suficientemente originais e sucintas, acabei criando essa auto-descrição.

O sentido da frase é como se eu estivesse desenhando um diamante, que tem várias facetas e também precisa ser constantemente lapidado para conquistar seu valor. Então, é um comparativo que eu faço entre nós e os nossos objetivos, questões e tudo mais.

Já sobre a estilização, pensando em manter a originalidade, eu quis trazer um ar meio vintage, já que resgata muito da minha essência, de coisas que eu carrego há bastante tempo. É um ar de coisa velha, antiga. Por isso, eu quis fazer uma relação com a substituição das vogais pelo V.

CP: E hoje, a Samantha consegue dizer quem ela é?

Samantha: É engraçado porque essa descrição eu fiz há tanto tempo, mas ainda hoje consigo me identificar bastante, sabe? Eu acrescentaria que, sendo mais específica nessa definição, sou uma mistura de meras formalidades, metáforas, dialetos e uma sede insaciável de descobertas em todos os sentidos.

CP: Você trabalhou, recentemente, com o francês Thibaud. Como foi a experiência de colaborar com ele?

Samantha: Eu sempre gostei muito dessa troca de vivências que a música proporciona. E acima de interesses profissionais, eu sempre procuro criar laços sinceros. Porque eu acho que o importante é a gente conseguir tocar as pessoas com a junção das artes, né?! Trabalhar com o Thibaud não foi diferente disso. Embora a gente tenha tido uma certa dificuldade pra se comunicar, em decorrências do idiomas diferentes, a força da arte é tão grande que ultrapassa até essas barreiras.

O convite aconteceu por meio da WS Produtora, que foi responsável por começar todo esse projeto antes de eu assinar com a Warner. Como eles têm uma sede na França, e o Thibaud é um artista da produtora no país, a gente achou que seria interessante fazer essa conexão e foi assim que rolou. Foi bem divertido!

CP: E você já tem algum artista em mente para uma próxima parceria?

Samantha: Sim, tenho alguns nomes que me chamaram atenção, mas, como falei, por ser uma coisa que naturalmente se desenrola, essa questão da parceria, em vez de especular, eu prefiro deixar no ar (risos). Eu curto um mistério.

CP: Você, como artista, não busca se prender a um único gênero e, fora da música eletrônica, onde começou, já tem se inserido em ritmos diferentes. Qual a ideia por trás?

Samantha: A minha ideia principal é me manter sem um gênero musical definido e mudar o conceito de que o artista precisa se dedicar a um único estilo para sustentar sua própria identidade. Eu acho que, uma vez que a gente se define, isso é um limitador, e a arte precisa ser livre para se mostrar na sua forma mais plena. Quando temos a liberdade de aprender com o desconhecido, sair da nossa zona de conforto, do nosso gênero, e conhecer mais, temos a chance de conquistar muito mais espaço.

Então, eu procuro sempre trabalhar essa ideia com os meus fãs, para que eles esperem de mim todo tipo de música. Afinal, dá pra manter a originalidade e, ao mesmo tempo, não se fechar em uma caixinha. Eu odeio me sentir limitada dessa forma. Na verdade, eu tenho a sensação de que o futuro da música será uma mistura de todos os gêneros.

CP: O primeiro volume do seu disco, que será dividido em três, já foi lançado e trás músicas bem mescladas. Como você define esse projeto, como tem sido o processo de criação e por que separá-lo em partes?

Samantha: O volume 1 foi um marco essencial na minha carreira, porque ele selou de fato a minha inserção em uma gênero diferente do que a galera estava acostumada a me ouvir cantar. Apesar de eu já ter lançado um EP em julho de 2019, o “Ponta do Iceberg”, que fez jus ao título e representou o meu deslanche musical, a primeira parte do “Multifacetada em Lapidação Constante” vem para enfatizar essa questão do novo, da Samantha cantando outro estilo e com parcerias, trazendo um pouquinho da vivência de cada um que participa. Foi um processo bem bacana, desenvolvido de uma maneira bem natural com o Chaves, meu produtor.

A gente decidiu dividir em três partes porque nós achamos que havia muitas músicas boas e que, talvez, elas pudessem se perder. A minha primeira ideia era lançar 15 músicas, mas eu percebi que, de repente, para galera absorver melhor o que eu queria passar, seria interessante dividir em três partes, até para trabalhar melhor cada uma delas. Eu acho que deu certo, está sendo bem legal. É bem provável que o volume 2 saia em abril, não tenho certeza ainda.

CP: Além da segunda parte do álbum, você pretende lançar alguma outra coisa?

Samantha: Sim! Como eu iniciei minha carreira na música eletrônica, eu tenho muito respeito a minha fan base, que em grande parte consome o estilo. E também, por gostar bastante, tenho como ideia trabalhar com o lançamento de singles.

Eu acho que no gênero eletrônico funciona melhor assim. Inclusive, tem uma música programada para sair em fevereiro. Esse é próximo lançamento pra galera da fritação (risos).

CP: Você perguntou em seu Instagram qual música da primeira parte merecia o primeiro clipe. Vimos bastante gente falar de “Pirata” e queria saber se você pode contar alguma coisa pra gente do quem por aí!

Samantha: Depois dessa pesquisa no Instagram a gente começou a se mobilizar. Já temos data e local para a gravação do clipe, e estamos preparando tudo com muito carinho para divulgar uma data logo mais. Isso vai ser surpresa!

CP: O seu Instagram tem legendas super criativas. De onde vem tanta ideia?

Samantha: Bom, o fato de eu ser sagitariana com ascendente em Leão tem influência nisso (risos). Eu já tenho uma inclinação natural para piada e senso de humor. Eu sempre gostei bastante de  trabalhar essa parte da interação com os fãs, administrar minhas próprias redes… A galera que me conhece e me acompanha desde o início sabe eu procuro responder geral.

Além de ser uma das coisas que eu mais gosto de fazer, é uma das mais importantes também. Eu preciso desse contato direto com os fãs. Tudo isso só acontece por causa deles. Por isso, o que eu procuro fazer nas minhas legendas é ser sempre original com os meus bordões e frases. É coisa de Samantha Machado!

CP: Para finalizar, você gostaria de deixar alguma recado para a galera que vem te acompanhando?

Samantha: Eu acho que estou em um período de associação a minha imagem, já que muita gente conhece a minha voz ou ouve a música, mas ainda não sabe quem é a Samantha. O meu principal objetivo, e a corrente que estou fazendo com os meus fãs e todos que chegam comigo, é passar o nome para frente e fazer a galera lembrar que o vocal é da Samantha. Não é só “Nave Espacial”, tem muita coisa pra descobrir.

Se eu pudesse deixar um recado, diria: “Vamos além da ‘Nave Espacial’. Vamos ver o que tem depois da ‘Ponta do Iceberg’, depois do ‘Peter Pan’… Tem bastante coisa legal e nova que eu quero trazer.

Gostou? Para ouvir a primeira parte de “MVLTIFVCETVDV EM LVPIDVCVO CONSTVNTE”, clique aqui.

A politica brasileira já nos trouxe momentos muitos inusitados, mas mesmo assim a gente ainda se surpreende as vezes. O deputado estadual Rodrigo Maroni, resolveu se inspirar no filme ‘Coringa’, indicado ao Oscar em 11 categorias, para passar um recado durante uma sessão extraordinária da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul.

“O filme foi lançado para dizer justamente o que? Que sem educação, sem segurança e sem saúde pública, vamos ter uma sociedade de Coringas que vai estar se matando por falta de perspectiva de emprego” declarou o deputado, que ainda afirmou que seu protesto inspirado no personagem de Joaquin Phoenix, irá ficar na história.

Ao final do discurso, o deputado foi advertido pela casa de que o uso da máscara não era permitido, mas ai já era tarde, o recado já havia sido dado, ainda que de forma muito inusitada.

Faltando menos de um mês para o Carnaval, a listagem de festas e camarotes começam a aparecer. E temos novidades em terras baianas, e diretamente no Palco Praia que fica localizado dentro do Camarote Salvador.

https://www.instagram.com/p/B710NeylpVj/?igshid=ayerhz18tpdm

O local vai receber artistas brasileiros em uma mistura de ritmos que não deixará ninguém parado, ta preparado?!

O palco terá ativação visual da cervejaria Petra e ainda trará o axé Bell Marques, o gingado do Harmonia do Samba, Alexandre Peixe, Tuca Fernandez, Banda Eva e Léo Santana com os sucessos ‘Solinho da Rabeta’, ‘Santinha’ e Contatinho. O funk ficará por conta de Dennis, Pedro Sampaio, MC Léozinho e MC Livinho. ‘Namorar pra Quê?’ e ‘Solteiro Até Morrer’ de MC Kekel também não vão faltar. Zé Neto e Cristiano trazem os sucessos ‘Largado as Traças’, ‘Notificação Preferida’ e ‘Ferida Curada’. Márcia Fellipe completa a programação sertaneja do local. Thiaguinho será o responsável pelo pagode com canções que estão na boca da galera como “Deixa Tudo Como Tá’, ‘Buquê de Flores’, ‘Energia Surreal’, entre outras. Também estão confirmados grandes shows de Guga Meyra, Suitxmusic, Denny Denan, Daniel Vieira, Banda Negra Cor, Jau e Scazuzo.

Quer dar uma descansada? Entre uma atração e outra, haverá uma área climatizada com deck de madeira oferecendo todo conforto ao público, além do Espaço Hair, Espaço Beauty, SPA e Customização. A área gourmet terá inúmeras opções de comidas e bebidas premium, como Absolut e Beefeater. Os bares e bufês têm pontos espalhados por todo Camarote e os serviços volantes, com média de um garçom para cada três pessoas, não param de funcionar durante as doze horas de festa.

A 20ª edição do Camarote Salvador acontece de 20 a 25 de fevereiro e terá capacidade para 5 mil pessoas por dia. O festival reúne, mais de 60 atrações nacionais e internacionais ao todo.

Os ingressos já estão à venda no site oficial do Camarote Salvador (http://www.camarotesalvador.com.br/). É possível comprar o Single Pass (1 dia), Special Pass (3, 4 ou 5 dias) ou Full Pass, que dá direito aos 6 dias de festa. Mais informações, confira o site oficial do evento: www.camarotesalvador.com.br.