Dia: 28 de Julho, 2020

Este ano, Joelma completa 25 anos de carreira. A cantora comemorou com seus fãs compartilhando seu DVD em uma live especial no YouTube na última sexta-feira, 24.

O show foi gravado em novembro de 2019, em uma apresentação na cidade de Goiânia, em Goiás, onde a cantora tem um público muito grande e fiel.

Joelma diz que sua saúde 'foi pro buraco' durante auge da Banda ...

Reprodução/ Jornal de Brasília

A carreira: 

Atualmente Joelma é um dos maiores nomes da música no Brasil. Ela começou sua carreira musical ainda jovem aos 19 anos, cantando em bares e eventos locais de sua cidade no Almeirim, Pará. Neste mesmo período, foi descoberta pela então proprietária e contrabaixista da Banda Fazendo Arte, em 1994. Durante cerca de quatro anos, a cantora se tornou um destaque na banda.  Até que em 1998, a cantora decidiu que iria gravar seu álbum de estreia em carreira como artista solo.

Em 1999, nasceu a banda Banda Calypso.  Neste periodo, Joelma deslanchou sua carreira em uma sequência de vitórias e desfrutou do sucesso por todo o País, conquistando mérito e público no exterior com turnês na África, América do Sul, Europa e Estados Unidos. A Banda Calypso tornou-se líder absoluto em vendas de CDs e DVDs dos anos 2000, chegando a vender mais de 22 milhões de discos. Durante 16 anos, Joelma cantou, compôs e dançou as músicas da banda.

Em 2016, Joelma estreava oficialmente sua carreira solo. No mesmo ano a cantora iniciou uma turnê  Avante Tour, chegando a ganhar um prêmio de ‘Melhor Turnê’ em 2017.

Joelma 25 anos

O DVD e CD foram intitulado “Joelma 25 Anos”, teve transmissão única e inédita no dia 24/07 no canal da gravadora Midas Music.

O projeto conta com duas capas exclusivas. Na edição digital, a capa com imagem tropical, enquanto na capa no formato físico é a foto do show feito pela cantora em Goiânia. Tudo foi feito em parceria da cantora com seus fãs, que puderam escolher qual seria a capa através de votação na internet.

Você já pode escutar este e outros sucessos da cantora em todas as plataformas digitais.

Seu momento de fã chegou! Depois de mais de uma década de espera por um novo livro da saga Crepúsculo, um fã brasileiro de Edward e Bella terá a chance de participar de um bate-papo com Stephenie Meyer.

A Intrínseca vai sortear um leitor que terá acesso exclusivo à videochamada com a autora e outros fãs ao redor do Mundo, em um encontro que fará parte das celebrações do lançamento mundial de *Sol da meia-noite*. O evento será inteiramente on-line, em inglês, sem tradução simultânea, no dia 18 de agosto. Mais informações sobre as inscrições, que vão até o dia 4 de agosto, e as condições de participação estão disponíveis no blog da Intrínseca.

No novo livro, “Sol da meia-noite”, Stephenie Meyer faz um retorno triunfal ao universo
de Crepúsculo e nos transporta mais uma vez para Forks, convidando-nos a revisitar cada detalhe dessa história que conquistou milhões de fãs em todo o mundo. Em meio a uma paixão cercada de perigos sobrenaturais, vamos
descobrir como Edward encara seus prazeres mais profundos e as consequências devastadoras de um amor proibido e imortal.

O novo livro do universo vampiresco chega ao Brasil em lançamento mundial no dia 4 de agosto!

 

Convocando todos os fãs de RUGGERO, para reconhecer e se apaixonar mais ainda pelo cantor, nesse bate-papo incrível que o artista participou com o Conexão POP.

O italiano, atuou em Soy Luna, dando vida ao papel de Matteo, e agora, depois do sucesso “Probablemente” está voltando à se aventurar na música, lançou no último mês, o single “Puede”, que veio acompanhado de um clipe gravado em casa durante a quarentena.

Logo depois dos nossos cumprimentos, RUGGERO se mostrou animado para conversar com alguém do Brasil, agradecendo pelo espaço para conversa. O primeiro tópico, foi o single “Puede”, dominando grande parte do nosso bate papo. Vem conferir:

Você ficou um tempo parado depois de lançar “Probablemente” e sentimos falta dos novos lançamentos. Agora você voltou com tudo com “Puede” que está o maior sucesso, a música já estava pronta? Como surgiu a ideia da composição da música?

“Puede” é uma canção esperada a muito tempo, porque ela estava pronta desde agosto, quando foi composta com Andy Clay em Miami, e depois de muitas produções distintas, e com o tempo ficou pronta a canção original, e a verdade e que quando nos encontramos em Miami, pensamos “Bom, de onde podemos começar?” Podemos falar de uma história de amor, ao mesmo tempo que o eu, protagonista se dá conta que tudo que está contando é um conto feito de sua cabeça, uma ilusão, então é um contraste entre as coisas reais e as coisas que não são.

O clipe de “Puede” foi gravado em casa com a ajuda de Cande, como foi essa gravação?

É muito singular, e muito novo, ao princípio quando me disseram “Olha, Ruggero, teremos que gravar um vídeo em quarentena” eu pensei, ah não, não sei se quero, porque minha casa já apareceu em tanto lugar, vídeos. E mesmo assim, tomamos a decisão de gravar aqui em casa, e eu tive a sorte de que Cande convive comigo aqui, então pensamos em como dirigir, nos tornamos tipo um Quentin Tarantino dos clipes. Então, antes de gravar sério, fizemos um teste, pra ver se estava tudo bem, e checamos o que não estava também. Foi algo muito grande, mas ao final, fiquei feliz com todas as decisões.

Ainda é um pouco cedo para falar de turnê, mas podemos contar com uma depois que a pandemia passar? Você já tem planos para voltar aos palcos?

Sim, há um bom tempo, e eu também quero ir ao Brasil com minhas novas canções, e acredito que se não aconteceu ainda, é porque ainda não era o momento. Então, quando tudo estiver seguro, e quando minhas canções estiverem prontas, vou ao Brasil para que cantemos juntos, não vejo a hora, porque o Brasil sempre me recebeu muito bem com os projetos anteriores.

Você é italiano e lança canções em Espanhol, mas você se vê em algum momento da sua carreira voltando às suas origens lançando alguma música em sua língua materna?

Em algum momento, vão haver surpresas em italiano, não sei se vai ser uma canção completa. Logo você descobrirão tudo isso, mas olha, ao mesmo tempo é algo que eu gostaria de fazer, um feat com algum cantor italiano. Mas tempo, é tempo, isso está só começando, então quando for o momento, lançarei algo em italiano.

Ao ser questionado sobre novas colaborações, o cantor nos disse que não pode dar spoiler, mas que gostaria de gravar com Giulia Be aqui do Brasil. Já queremos!

A sua colaboração com o duo MYA foi um sucesso, podemos contar com novas parcerias nessa nova fase de sua carreira? Poderia nos dizer algum nome, ou dar uma dica do que pode estar por vir?

Spoiler, não sei se posso dar. Mas, com certeza vai haver algo, uma colaboração. Porque assim, ao terminar uma canção, nós falamos “essa música é perfeita para…” então, decidimos o que adicionar na canção. E também me gostaria de gravar com algum artista do Brasil, com uma garota que se chama Giulia Be, que me encanta muito como artista, e veremos assim, o que anda.

Não posso deixar de citar o enorme sucesso que você fez em “Violetta” e em “Soy Luna”, você pretende voltar a atuar ou quer apenas focar em sua música?

Estou completamente focado na minha música, numa aventura musical. E no caminho quando surgem oportunidades de atuações eu vejo isso como “algo a mais”, um aprendizado, algo lindo e novo. Me encanta, esses projetos grandes, mas agora vejo como algo que me desviaria do meu objetivo número um, que é a música.

Agora que você realmente se encontrou no meio artístico, qual mensagem você deixaria para o Ruggero de 2010?

Siga se divertindo e pense que todos os desafios que aparecem são como aventuras. Aproveite sempre, porque podem ser coisas que só são vividas uma vez na vida. Siga acreditando nos seus sonhos, a verdade é que todo o caminho é lindo, e eu me sinto muito grato de tudo que vivi até hoje, trabalhando duro e pensando em me superar cada vez mais, entende? Isso que é um objetivo que pensei em me superar, superar e superar. E bom, agora estou só, nesse projeto como solista, vivendo uma nova aventura que vejo como um novo começo e feliz.

Aqui no Brasil, temos cantores fazendo lives para entreter o pessoal de casa, podemos esperar algum projeto seu de casa em suas redes sociais? Como um projeto acústico, você e seu violão ao vivo para os fãs

Sim! Seria lindo, mas ainda estamos vendo se pode acontecer, se vai ser possível. Agora no início estamos vendo de lançar as novas músicas além de “Puede”, mas é algo que eu quero muito, um show em streaming, para que pessoas de outros países consigam me conhecer como se fosse uma turnê, como um show.

Nós do Conexão POP, estamos com o projeto “Playlist da Quarentena”, em que estamos reunindo os artistas para dizer as músicas que mais estão ouvindo durante esse período. Quais as suas?

Poxa, musicas que estou escutando muito… “Por primera vez” de Camilo que eu gosto bastante. Poxa, deveria ter como eu ver meu Spotify e ver as músicas que eu tenho escutado (risos), outra canção é “Como Antes” de Llane e claro, “Una y Mil Veces” dos meus amigos de MYA, e Mau y Ricky . Que são três canções que estou escutando muito aqui em casa.

“Mando um abraço, daqui da Argentina, espero que nos encontremos logo. Cuidem-se e fiquem em casa, é um momento que vai passar logo, agora é a hora de ficarmos mais unidos que nunca.”

Ruggero, ao final da entrevista, também mandou um beijo para os fãs do Brasil que acompanham o Conexão POP, o cantor aproveitou para divulgar seu single “Puede”, e aí, já ouviu Ruggero hoje?!

Ano novo, novas indicações do Emmy.  Hoje (28), a academia anunciou ao vivo no YouTube e na página do Facebook os indicados que vão concorrer as melhores séries de 2020.

A cerimonia será guiada por  Leslie Jones, que já foi três vezes indicada ao Emmy, a atriz terá apoio de Laverne Cox, Josh Gad e Tatiana Maslanyque na apresentação. A transmissão será através do site Emmys.com.

Este é o primeiro ano da Apple TV concorrendo na premiação e existem grandes expectativas sobre quais categorias

A televisão desempenhou um papel fundamental na navegação por esses tempos sem precedentes e nos uniu à medida que permanecemos separados”, disse Frank Scherma, presidente e CEO da Academia de Televisão, no site oficial. “Estamos honrados em ter esses atores, produtores e comediantes inovadores anunciando os indicados ao Emmy deste ano – cujo trabalho extraordinário foi vital para a evolução do cenário televisivo nesta temporada”.

A premiação está programada para o dia 20 de setembro. Esta será a primeira grande cerimônia de premiação em Hollywood da pandemia de coronavírus. A indústria do entretenimento está começando a reiniciar a produção após um desligamento de meses. A forma como o Emmys será apresentado ainda não foi divulgada.

Melhor ator em série de comédia:

– Anthony Anderson (Black-ish)

– Don Cheadle (Black Monday)

– Ted Danson (The Good Place)

– Michael Douglas (The Kominsky Method)

– Eugene Levy (Schitt’s Creek)

– Ramy Youssef (Ramy)

 

Melhor Atriz em Série de Comédia:

– Christina Applegate (Dead to Me)

– Rachel Brosnahan (The Marvelous Mrs. Maisel)

– Linda Cardellini (Dead to Me)

– Catherine O’Hara (Schitt’s Creek)

– Issa Rae (Insecure)

– Tracee Ellis Ross (Black-ish)

 

Melhor Ator em Série de Drama:

– Jason Bateman (Ozark)

– Sterling K. Brown (This Is Us)

– Steve Carell (The Morning Show)

– Brian Cox (Succession)

– Billy Porter (Pose)

– Jeremy Strong (Succession)

 

Melhor Atriz em Série de Drama 

– Jennifer Aniston (The Morning Show)

– Olivia Colman (The Crown)

– Jodie Comer (Killing Eve)

– Laura Linney (Ozark)

– Sandra Oh (Killing Eve)

– Zendaya (Euphoria)

 

Melhor Ator em Minissérie/Telefilme

– Jeremy Irons (Watchmen)

– Hugh Jackman (Bad Education)

– Paul Mescal (Normal People)

– Jeremy Pope (Hollywood)

– Mark Ruffalo (I Know This Much Is True)

 

Melhor Atriz em Minissérie/Telefilme:

– Cate Blanchett (Mrs. America)

– Shira Haas (Unorthodox)

– Regina King (Watchmen)

– Octavia Spencer (Self Made)

– Kerry Washington (Little Fires Everywhere)

 

Melhor Minissérie/Telefilme

– Little Fires Everywhere

– Mrs. America

– Inacreditável

– Nada Ortodoxa

– Watchmen

Melhor Série de Comédia

– Curb Your Enthusiasm

– Dead to Me

– The Good Place

– Insecure

– The Kominsky Method

– The Marvelous Mrs. Maisel

– What We Do In the Shadows

– Schitt’s Creek

 

Melhor Série de Drama

– Better Call Saul

– The Crown

– The Handmaid’s Tale

– Killing Eve

– The Mandalorian

– Ozark

– Stranger Things

– Succession

 

Melhor Ator Coadjuvante em Comédia

– Andre Braugher (B99)

– Mahershala Ali (Ramy)

– Kenan Thompson (SNL)

– Daniel Levy (Schitt’s Creek)

– William Jackson Harper (Good Place)

-Alan Arkin (Kominsky)

– Sterling K. Brown (Maisel)

– Tony Shalhoub (Maisel)

 

Melhor Atriz Coadjuvante em Comédia

– D’Arcy Carden (The Good Place)

– Betty Gilpin (GLOW)

– Yvonne Orji (Insecure)

– Kate McKinnon (SNL)

– Cecily Strong (SNL)

– Annie Murphy (Schitt’s Creek)

– Alex Borstein (Maisel)

– Marin Hinkle (Maisel)

 

Melhor Ator Coadjuvante em Drama

– Giancarlo E. (BCS)

– Nicholas Braun (Succession)

– Kieran Culkin (Succession)

– Matthew Macfadyen (Succession)

– Bradley Whitford (THT)

– Billy Crudup (Morning Show)

– Mark Duplass (Morning Show)

– Jeffrey Wright (WW)

 

Melhor Atriz Coadjuvante em Drama

– Laura Dern (BLL)

– Meryl Streep (BLL)

– Fiona Shaw (Killing Eve)

– Julia Garner (Ozark)

– Sarah Snook (Succession)

– Helena Bonham Carter (The Crown)

– Samira Wiley (Handmaid’s Tale)

– Thandie Newton (Westworld)

 

 

Na última segunda – feira (27), Mc Cabelinho lançou o álbum “Ainda“, o primeiro de sua carreira e com um nome bastante diferente. O significado do título desse projeto surgiu nas comunidades cariocas em 2019, dando um novo “nome” para a palavra “Ainda”, subvertendo o sentido da língua portuguesa.

Com a ajuda dos DJs Juninho e Portugal, o cantor transformou em música todos os sons do lugar onde cresceu, o PPG – conjunto das comunidades Pavão-Pavãozinho e Cantagalo, no Rio de Janeiro. As sirenes da polícia, o impacto do tiro, o piano e o coro de igreja – tudo isso se tornou uma mistura de trap, rap e funk, que faz MC Cabelinho retomar as origens do gênero e chegar na sonoridade atual como quem respira.

O disco traz três tipos de ponto de vista: as crônicas da vida urbana, as love songs e as músicas de superação. O primeiro conjunto já ganhou uma palhinha com a canção “Maré”, lançada no mês passado. Mas, no álbum, a literatura realista do MC Cabelinho tem o seu ápice já na faixa de abertura, “Reflexo” – uma parceria com o rapper militante BK. A música “Verdade de Perto”, gravada com o seu ídolo MC Orelha, também merece destaque, pois relata a união do PPG quando as ameaças externas se aproximam e traz um coral ao fundo que dá a impressão de que a comunidade canta junto com os artistas.

A força das palavras do MC Cabelinho continua nas outras partes do álbum, mas tem outro objetivo. “Beco do Pistão” e “Em Busca do Prazer” retratam a vida de solteiro na comunidade, do homem do morro que pede até moto táxi para buscar a mulher e levá-la para a sua casa. Já “Essa Noite” e “Recaídas” são músicas com batidas mais ligadas ao pop, com uma temática mais romântica e participações de peso – do cantor Gaab e da cantora Budah,
respectivamente.

A terceira parte é composta pelas faixas “Favela Venceu”, “Tem Bala Sou Eu” e “Agradecer”, esta última fechando o álbum. Com arranjos feitos no teclado, MC Cabelinho canta a força e a delicadeza que é viver dentro da favela, abrindo espaço para gerações futuras sonharem o mesmo sonho que o norteia. “Ainda” é um disco de crônicas que documenta a existência do corpo negro em um país bastante violento e opressor, e leva a mensagem da favela
para o asfalto, que ainda não saiu de casa devido à pandemia do novo coronavírus.

Ouça agora o álbum “Ainda“:

Relançado no dia 8 de julho no canal oficial do Silversun Pickups no YouTube, banda indie californiana,  o clássico “Toy Soldiers” ganhou uma nova versão e um clipe futurístico. A música, liberada originalmente nos anos 90 por Martika, ficou eternizada e até chegou a ser regravada pelo rapper Eminem na década seguinte.

A canção, agora remodelada, surgiu após a divulgação do quinto álbum da banda, “Window’s Weed”, quando Nikki Monninger, Brian Aubert, Christopher Guanlao e Joe Lester estavam inspirados por influências das décadas de 80 e 90, e decidiram reviver um dos clássicos que moldaram a construção do gosto musical de cada um deles ao longo do tempo

O vídeo foi produzido com toques futuristas e teve direção de Claire Marie Vogel e Aaron Hymes, que também produziu as animações. A música foi feita em janeiro deste ano, porém as gravações do clipe foram realizadas à distância, o que exigiu dos artistas e da equipe muito mais inspiração no processo criativo.

O Conexão POP, a convite da Warner Music, bateu um papo com o vocalista e guitarrista da banda, Brian Aubert, para saber um pouco mais da criação do single e dos projetos do grupo. Vem conferir!

 

CP: A ideia de relançar ‘Toy Soldiers’ surgiu durante um momento nostálgico entre vocês. Há a possibilidade de relançar outros singles? Você sabe, os fãs estão sempre esperando por mais!

Brian: Estamos sempre pensando em diferentes maneiras de lançar músicas. Mas nosso amor por álbuns é grande. Nunca abandonaremos realmente esse formato. A maneira como vários conteúdos interagem entre si e criam toda uma experiência é algo que ainda nos emociona. No entanto, estamos começando a sentir o desejo de viajar e tentar pensar em outras maneiras de experimentar músicas – e isso está começando a nos dar um arrepio. Então, talvez?

CP: Em decorrência da pandemia, o contato ídolo-fã passou a ser mais restrito com a falta de shows e muitos artistas tiveram de se reinventar. Vimos que vocês criaram um clube de filmes focado nos anos 80 e é incrível! De onde surgiu essa ideia?

Brian: Alguém da nossa gestão teve várias ideias divertidas. Nós nos apegamos a isso porque somos grandes cinéfilos. O problema é que existe uma quantidade enorme de filmes daquela época, então é difícil se aprofundar nesse mundo. Durante esse tempo louco, por mais divertido que seja experimentar algo novo, também é um bom momento para se reconectar com as coisas que você ama.

CP: O que esperar da banda em 2021? A turnê continuará?

Brian: Essa é uma ótima pergunta e eu gostaria de ter uma resposta concreta. Posso dizer que se estivermos autorizados a fazer uma turnê, iremos.

CP: Vocês criaram uma playlist no Spotify com canções favoritas dos anos 80. Mas se vocês tivessem um Top 5 com músicas atuais, quais seriam?

Brian: Não tenho escutado muitas músicas novas ultimamente, então posso ser a pessoa errada para responder. Meu amigo e eu começamos uma experiência de DJ chamada Underscore, na qual misturamos apenas faixas de trilhas sonoras. Por isso, eu estive profundamente envolvido nesse mundo.  Então, aqui estão as minhas 5 principais trilhas sonoras modernas:

– Suspiria (2018);

– You Were Never Really Here (2017);

– The Last of Us Part II (2020);

– Eighth Grade (2018);

– My Brilliant Friend (2018).

CP: Se vocês pudessem escolher uma banda para fazer uma colaboração (com algumas influências parecidas às suas), qual seria?

Brian: Eu nunca faria alguém que amo sofrer por ter que trabalhar com a gente. Mas, se eu tivesse que fazer, Jonny Greenwood seria fantástico. Suas orquestrações me fascinam. PJ Harvey é outra. Seria incrível aprender com ela. Ok, tudo bem, seria a Björk…

Agora ficamos por aqui e deixamos com vocês a missão de assistir ao clipe de “Toy Soldiers”! Esperamos que tenham gostado da nossa entrevista com Silversun Pickups!

Infelizmente, o Lollapalooza não acontecerá presencialmente este ano nos Estados Unidos… mas não pense que acabou por aí!

Eles anunciaram nesta segunda (27) uma edição virtual que contará com Tyler, the Creator, Paul McCartney, Imagine Dragons, H.E.R e muitos outros no lineup.

O festival será gratuito e as transmissões serão entre esta quinta-feira (30) e domingo (02/08) no canal do festival no Youtube. A programação por dia será divulgada na quarta-feira (29).

Também estão na lista divulgada nomes como Tove Lo, Ellie Goulding, Lorde, Chance The Rapper, The Neighbourhood, Kali Uchis, Metallica e Yungblud.

Mesmo com a edição americana cancelada e sendo repensada virtualmente, o Lolla no Brasil teve novas datas anunciadas e agora ocorrerá entre os dias 4, 5 e 6 de dezembro, no Autódromo de Interlagos.