Em janeiro, a Faro Editorial lança o clássico “A Revolução dos Bichos”, de George Orwell. A obra foi publicada há 75 anos e mantém uma narrativa alegórica para os dias atuais.

Os animais de uma fazenda se revoltam contra o seu dono e decidem tomar o poder, e viver de acordo com suas regras, dividindo a comida, as tarefas e vivendo em harmonia com a terra. No entanto, após o início, isso muda completamente e passa a ser uma disputa de classes.

Os elevados ideais de liberdade, justiça e igualdade são traídos e um novo regime de opressão substitui a tirania anterior. “Todos os animais são iguais, mas alguns animais são mais iguais que os outros” passa a ser o único mandamento e condensa em poucas palavras como a disputa pelo poder pode se esconder até mesmo nas causas mais nobres.

“As criaturas de fora olhavam de um porco para um homem, de um homem para um porco e de um porco para um homem outra vez; mas já era impossível distinguir quem era homem, quem era porco”.

Ao todo, o livro tem 160 páginas e custa R$ 34,90.

 

Notícias relacionadas