Dia: 14 de Janeiro, 2021

Hoje, 14 de janeiro, a nove vezes nominada ao Grammy e artista multi-platina Sia estreia o novo single “Hey Boy”, com colaboração de Burna Boy. A faixa, já disponível em todas as plataformas digitais, faz parte do oitavo álbum de estúdio da artista, “Music – Songs From And Inspired By The Motion Picture”.

O projeto tem lançamento previsto para o dia 12 de fevereiro, via Monkey Puzzle/ Atlantic, uma distribuição nacional Warner Music Brasil.

Confira o clipe de “Hey Boy” ft. Burna Boy:

Artista compartilha também a tracklist completa do novo álbum, chegará acompanhado de um filme musical com lançamento no mesmo mês.

Confira a tracklist completa de “Music – Songs From And Inspired By The Motion Picture”:

1.  Together
2.  Hey Boy
3.  Saved My Life
4.  Floating Through Space
5.  Eye to Eye
6.  Music
7.  1 + 1
8.  Courage to Change
9.  Play Dumb
10. Beautiful Things Can Happen
11. Lie to Me
12. Oblivion
13. Miracle
14. Hey Boy ft Burna Boy

NOVIDADE NA ÁREA! A Avon, de forma inédita, se torna a primeira marca de maquiagem patrocinadora do Big Brother Brasil 21. A aposta na cota “big”, coloca a companhia entre os principais investidores da edição. Para o BBB21, o objetivo é fazer um convite para que todos olhem para a Avon sob uma nova perspectiva, quando a empresa completa 135 anos de história e também seu primeiro aniversário de chegada ao grupo Natura &Co.

A TV sempre fez parte da nossa estratégia de mídia e, este ano, decidimos amplificar nosso alcance para atingir diferentes públicos e nichos. Combinado ao sucesso da edição anterior do reality, apostamos na casa mais vigiada do Brasil para apresentar uma nova Avon, explica Viviane Pepe, diretora de Comunicação da Avon Brasil.

Nas vinte edições anteriores, nunca houve uma empresa de maquiagem como patrocinadora do programa e essa será mais uma oportunidade para a Avon levantar e defender suas bandeiras, pioneirismo, inovação, diversidade e estímulo ao empreendedorismo e empoderamento feminino, além de importantes ações e mobilizações nas causas do combate ao câncer de mama e do enfrentamento da violência contra as mulheres e meninas no Brasil por meio da atuação direta do Instituto Avon.

O BBB20 mostrou-se uma grande e poderosa plataforma para gerar conversas importantes para a sociedade e temos muito a acrescentar a esses temas, já que defendemos essas causas há 135 anos. Além disso, será o momento de reapresentar a Avon ao Brasil, uma companhia de maquiagem centenária, que se reinventa e se adapta a cada geração, entregando produtos inovadores e acessíveis e que sabe conversar com todos os públicos que fazem parte da história da marca, finaliza a executiva.

Como um dos maiores patrocinadores, a Avon terá ativações importantes nos quatro meses de programação, que passarão por datas comemorativas relevantes e lançamentos de produtos. O BBB21 começa dia 25 de janeiro.

Já que hoje é dia de #TBT, por que não relembrar o momento memorável em que One Direction vestiu a camisa amarelinha do Brasil e levou a internet a loucura?

Em maio de 2013, um pouco depois de anunciar a passagem no país com a Where We Are Tour, a boyband surpreendeu a todos ao divulgar uma foto do grupo com a camisa da seleção brasileira nos gramados do estádio de Wembley, em Londres.

Divulgação/Time For Fun

Em meio  ao clima de Copa das Confederações (2013) e Copa do Mundo (2014), ambas sediadas aqui, o registro não poderia ter sido feito em oportunidade mais perfeita.

Um ano depois, Harry Styles, Zayn Malik, Louis Tomlinson, Liam Payne e Niall Horan pisaram em terras tupiniquins pela primeira vez para três shows: um no Rio de Janeiro, no Parque dos Atletas (a Cidade do Rock, atualmente), e dois em São Paulo, no estádio do Morumbi.

Perceberam a ligação forte com o futebol? Ela não para por aí. Na primeira apresentação na capital paulista, Pelé apareceu no telão e soltou elogios aos meninos. “Um dia vamos fazer algo juntos. Não falo de jogar futebol, mas de tocar música”, disse o ex-jogador.

A aparição do Rei do Futebol aconteceu durante o painel virtual de interação com fãs que enviam perguntas e desafios. A uma admiradora que perguntou qual celebridade os garotos gostariam de ser por 24 horas, os rapazes responderam: “Neymar”.

E falando nele, rolou um breve encontro do atacante com o Niall um mês antes da chegada da banda no Brasil.

Claro que, durante as performances, a camisa amarelinha também fez parte do figurino. A paixão pelo país foi tão grande que, no show realizado no Rio de Janeiro, Harry mostrou para todo mundo que havia tatuado a palavra “Brasil” (isso, mesmo, com “S”, bem brasileiro) na coxa.

Verzache, que começou a sua carreira em projetos da escola, está conquistando fãs ao redor do mundo. Com mais de 3 milhões de ouvintes mensais no Spotify, o artista vem se preparando para o lançando do próximo álbum. Para descobrir e entender um pouco mais deste novo projeto, o Conexão POP bateu um papo com o músico. Confira a entrevista:

CP: Qual foi a inspiração por trás de “Look Away”?

Bom, ”Look Away” eu escrevi durante o começo do coronavírus, na quarentena. Eu não quero falar sobre o real motivo da música, mas eu curti o processo de criação. Eu estou muito feliz com a resposta do público.

CP: Por que você escolheu “Look Away” para fechar o ano de 2020?

Eu acho que escolhemos como o último lançamento do ano porque ficava na ordem certa de lançamentos das músicas. Eu queria lançar os singles em uma ordem, com o intuito de mostrar os diferentes estilos das faixas que estava produzindo. Eu queria dar isso para o público.

O álbum tem muitas diferenças acontecendo e eu queria mostrar essas mudanças aos poucos, antes de lançar todo o álbum.

CP: Qual é a maior diferença entre a sua primeira música para o Verzache de 2020, com “Look Away”?

Ai meu Deus! A diferença provavelmente é que eu fiz a minha primeira música no meu celular e falando sobre como eu quebrei meu braço. Foi muito estranho, uma música horrível.

Agora, eu tenho uma carreira estranha na música. Eu fiz canções eletrônicas e agora estou fazendo esse tipo de música. É estranho olhar para o passado e pensar: ‘eu comecei aqui e agora estou aqui’.

CP: O que mudou na sua vida após você entrar na indústria musical?

Eu diria que minha vida mudou apenas em termos de música durante esse período. Todo o meu trabalho é música, mas eu fico mais em casa.

Eu sinto que a indústria musical mudou a minha vida na comunidade da música, com os artistas e com o suporte da internet. Você precisa se adaptar com tudo que está acontecendo. A indústria é confusa para mim, mas estou ansioso para a mudança.

CP: Você já pensou em desistir da música?

Sim, eu já pensei nisso antes. Inclusive, um amigo meu estava me mandando mensagem em um outro dia e falei: ‘agora não, não quero pensar nisso’. Eu gosto muito de fazer música e eu criei uma carreira a partir disso, eu não vou desistir agora.

Meus amigos já falaram sobre isso, quando você está perdendo a confiança. Eu definitivamente já pensei nisso, mas não o fiz.

CP: Para você, qual é a melhor parte do processo criativo das músicas?

Eu diria que é contar histórias ou juntar partes em uma música. Escrever uma parte da música que é muito pessoal e poder sentir que colocou tudo de si em algo. Ter uma faixa inteira é um ótimo sentimento, mas o melhor é escrever a música.

Provavelmente tocar instrumentos e fazer a música. Eu estou entrando nessa área de compositor agora, mas o melhor é escrever e produzir.

CP: Qual cantor/cantora você gostaria de fazer uma parceria?

Muitas pessoas, a lista pode ficar rodando. Eu amo James Blake.

CP: E você conhece algum artista brasileiro?

Na verdade, eu não conheço. Eu não acho que conheça algum. Eu não sei.

CP: Você pode deixar uma mensagem para os seus fãs brasileiros?

Oi, galera. Obrigada por escutarem as minhas músicas, eu estou ansioso para mostrar o meu novo álbum em 2021.