Dia: 22 de Janeiro, 2021

E ele fez tudo! Josh Beauchamp, do Now United, lançou seu primeiro cover nesta sexta-feira. A música escolhida pelo canadense foi “Home To Mama”, de Justin Bieber e Cody Simpson. Assista:

O vídeo tem apenas 1 minuto e meio, mas é o suficiente para conquistar os fãs com a sua voz. O cenário e violão fizeram com que o cover ficasse ainda mais atraente aos olhos do público.

Na descrição do vídeo, Josh agradeceu Noah Urrea, integrante norte-americano do grupo, por ajudá-lo. “Obrigado por ouvirem meu primeiro cover solo! A música original é de Cody Simpson e Justin Bieber. Muito obrigado a Noah Urrea por me ajudar a tornar este som super estiloso e suave. E também obrigado a Pawpkorn Visuals por filmar e editar para mim. Já se passaram três anos desde que comecei a falar sobre lançar meu próprio cover. E depois de muitas tentativas terríveis, horas de prática, muitas dúvidas e inseguranças, finalmente chegou. Espero que você gostem”, escreveu Josh.

 

Uma sexta-feira sem lançamentos não é uma sexta-feira comum! Pensando nisso, o Conexão POP separou alguns dos principais lançamentos da indústria musical, perfeitos para uma playlist.

Sabrina Carpenter – Skin

A faixa “Skin” foi lançada nesta sexta-feira pela cantora Sabrina Carpenter. Com apenas 16 horas de lançamento, o lyric video da música já contava com mais de 1,4 milhões de visualizações. Ouça: 

Lauren Jauregui ft. Pabllo Vittar – Lento (Brabo Remix)

Lauren Jauregui uniu-se à Pabllo Vittar para lançar mais um remix de “Lento”. O resultado você confere abaixo:

Madison Beer – BOYSHIT 

Esta sexta-feira também foi da Madison Beer. Com muita atitude e empoderamento, a artista lançou “BOYSHIT”, assista:

HITMAKER, Lexa – Bota O Colete

Claro que tivemos lançamento nacional! “Bota o Colete”, colaboração entre HITMAKER e Lexa, foi lançada nesta sexta-feira. Curta:

Billie Eilish, Rosalía – Los Vas a Olvidar

“Lo Vas A Olvidar” foi lançada nesta quinta-feira, mas não poderia ficar fora da lista! Billie Eilish se juntou à uma das maiores cantoras latinas da atualidade, Rosalía, e entregou tudo em uma música incrível. Assista ao videoclipe:

A espera acabou! Nesta sexta-feira, PRETTYMUCH lançou “Stars”, sua nova música de trabalho e pôs fim na espera dos fãs.

Em dezembro de 2020, o grupo anunciou o rompimento com a gravadora Syco Entertainment (Sony Music), onde lançaram EPS e músicas, e informou que assinou  com a Sire Records, da Warner Music. Decerto, os fãs ficaram contentes, pois Brandon ArreagaEdwin HonoretZion Kuwonu, Nick Mara e Austin Porter não lançavam música há algum tempo.

A faixa “Stars” faz parte do EP intitulado “SMACKABLES”, previsto para ser lançado no dia 29 de janeiro. Além da canção, os garotos lançaram um videoclipe. Assista:

Em entrevista à “People”, Edwin revelou que estavam se sentindo no limite de tudo. “Sentimos que estávamos dentro dos limites com a nossa última gravadora”. “Nós apenas dissemos: ‘Ei, vamos começar do zero, vamos apenas derrubar todos os limites, todas as limitações e apenas seguir em frente'”, completou.

“É uma sensação libertadora”, acrescentou Brandon. “É a diferença entre ter um trabalho para fazer e fazer o que você ama”, concluiu.

A carioca Lua embalou o pop e o rap em mais um lançamento: “No Ar”. O EP, lançado nesta sexta-feira, conta com quatro músicas inéditas, harmônicas e um tanto quanto agitadas.

Além ter apenas músicas autorais e mostrar a essência da cantora, o projeto tem a participação de “A Banca 021″, “Pimp”, “Rod 3030″ e “Budah”.

“No Ar”, Lua e A Banca 021:

A música que intitula o EP  foi construída a partir de uma batida de violão. A faixa, além de dar nome ao projeto, é o single do EP. A faixa é envolvente e romântica, perfeita para o dia a dia. “Escrevi minha parte e a gente fundiu todas as vozes e ideias nesta canção linda. Queremos levar ao pública a mensagem de que não dá pra perder tempo quando você quer ver alguém de novo, sentir alguém de novo. É o grito mais puro da saudade que vem de dentro, um grito apaixonado, real não dá pra ficar nessa vontade! A mensagem da música é pra você correr pros braços de quem você deseja quando bater essa vontade”, diz Lua.

O videoclipe para esta canção foi lançado junto ao EP. Nele, é narrada a história de um casal que tem os caminhos cruzados pelo acaso. “Os meninos do A Banca 021 foram perfeitos como sempre, trouxeram essa vibe incrível de leveza e verão. Eu sempre amei a conjunção das vozes dos três, ter eles comigo nessa faixa é um orgulho imenso. São artistas incríveis”, afirma a artista. Assista: 

“Nós somos cupidos bem atrapalhados e a gente sempre acaba fazendo algo de errado na melhor das intenções, tentando unir essas pessoas. Eu detenho esse poder do ‘ar’ e os meninos da Banca 021 como meus conselheiros, juntos a gente tenta fazer dar certo esses amores à primeira vista que a gente testemunha. Às vezes dá certo e às vezes é só deixar o destino agir”, conclui Lua.

“Dominós”, Lua e Budah: – Dominós

Um pouco mais agitada que “No Ar”, a canção fala sobre um relacionamento que parece não ter mais duração, mas a pessoa sente falta e pensa sobre todos os momentos. A faixa nada mais é do que uma batida gostosa e um refrão que gruda na cabeça.

“Nem Pensar”, Lua e Rod3030: – Nem Pensar

Seguindo a mesma batida das outras, “Nem Pensar” chega com um “quê” de mais rap. Assim como as duas anteriores, o refrão fácil é grudento e faz o ouvinte se viciar.

“Gorila Glue”, Lua e Pimp:

Em contrapartida, “Gorila Glue” começa com uma melodia um pouco menos agitada que as outras. Contudo, após os primeiros 20 segundos, a faixa passa a ser uma ótima dica para uma festa. Esta faixa é uma das mais dançantes do álbum.

Resumindo, o álbum foi perfeito para conquistar o público e novos ouvintes.

Estamos convocando todos os apaixonados e solteiros, porque a banda Melim está de volta com a extensão de “Eu Feat. Você”, álbum indicado ao Grammy Latino de 2020.
Amores E Flores” é um album que traz canções românticas, positivas e pitadas de reggae, pop e folk.

O álbum conta com 7 músicas, sendo essas continuação do último álbum grupo, que eles brincam ter sido criado entre hotéis e aviões, pois foi escrito durante uma época movimentada em suas carreiras, entre 2018 e 2019.

 

Durante a coletiva de imprensa que ocorreu no dia 21 de Janeiro, o grupo revelou vários detalhes importantes e algumas curiosidades desse álbum, vem conferir.

As músicas do antigo álbum e o atual lançamento foram criados juntos, porém eles resolveram dividir as canções para que pudessem dar mais atenção para cada faixa.

Querendo ou não, os fãs consomem muito rápido os lançamentos, nós achamos melhor dividir não só para que pudéssemos trabalhar melhor cada faixa, mas para que eles não enjoassem tão rápido do álbum e para que não mudasse a sensação na hora de ouvir.” – Explica Gabi.

O álbum foi gravado em uma “vibe” férias de verão, enfatizando a estética jovem, dando um ar de “after da viagem“.

Algumas semanas depois que eles regravaram a releitura da música “O Bem” de Arlindo Cruz, a mãe deles mandou uma mensagem dizendo que queria muito que eles regravassem essa música para inserir no álbum, pois a mesma ouvia todas as manhãs e achava que a musica continha uma mensagem linda. Mal sabia ela…

Ao serem questionados sobre qual musica do álbum era a favorita deles, a resposta foi que a xodó atual deles é “Possessiva”.

Possessiva é uma musica com a vibe bem verão, que fala e transmite muito sobre o momento atual” – Completa Gabi.

Quando questionados sobre: Como as capas dos álbuns falam sobre o caminho do som deles.
Eles responderam que foi muito proposital, porém hoje faz mais sentido serem mais coloridas. No primeiro a capa é mais neutra e eles ainda estavam se descobrindo na música. Agora tem mais cor, porque hoje eles já detém mais domínio sobre o som que produzem, sobre o trabalho deles.

Eles contaram também qual foi a sensação de serem indicados ao Grammy Latino.
Maravilhosa” – Gabi
Muita felicidade… A gente se sentiu ganhador só por ser indicado” – Conta Rodrigo – “É uma gratificação enorme.” – Completou.
Você estar sendo indicado ao Grammy Latino significa que você ta tocando o coração das pessoas e é isso que importa” – Diogo finalizou.

Planos internacionais? Eles revelaram que tem idéias de regravar as músicas em outras língua, para expandirem e alcançarem novos públicos. E também que querem muito fazer alguma parceria futuramente com algum cantor de fora, principalmente com algum que canta em espanhol.

Finalizando a coletiva, eles disseram que esperam que o álbum traga uma energia de renovação, que as pessoas consigam enxergar mais flores e amores pelos lugares. Que as músicas façam parte da vida das pessoas, dos bons momentos, que possam ouvir um dia e se lembrarem de uma tarde gostosa de domingo, por exemplo.

Eu não sei vocês, mas estou completamente apaixonada por esse álbum, não percam tempo, vai lá ouvir o álbum e ver o clipe de Possessiva!

 

Quatro anos depois de sua estreia no The Voice Kids, Belle Kaffer divulgou nesta sexta-feira, 22, seu primeiro single com a Warner Music Brasil“LuaZul Acústico #1”.

Vista pela gravadora como uma das grandes apostas para 2021, a jovem paulista de 18 anos traz uma mistura de pop com rap acústico em uma parceria com Mc Marks, Mc Pedrinho, Pele Milflows e CasLuh (que reuniu todas as letras e deu sentido à faixa, visto que cada artista escreveu de maneira independente sua parte).

Produzida por  Thicano Beatz, o single ganhou também um clipe feito dentro dos estúdios da Ciclone Filmes, em São Paulo, dirigido por Diego Castanheira e seguindo todas as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) contra a COVID-19.

Ano que vem tem Copa do Mundo e, como tradição desde 1962, a música-tema de cada edição costuma cair no gosto do público, seja ele fã do esporte ou não.

Mas não é só o evento da FIFA que conta com uma canção especial para marcar a competição. A Copa América, organizada pela CONMEBOL, e a Eurocopa, feita pela UEFA, também possuem faixas inéditas.

O Conexão POP, mais uma vez promovendo um crossover entre o mundo da música e do futebol, decidiu reunir seis músicas-tema de competições esportivas para você ouvir novamente.

Se liga!

Arte: Eduarda Araújo

1. “La Copa de La Vida” – Ricky Martin (Copa do Mundo de 1998)

2. “Waka-Waka” – Shakira (Copa do Mundo 2010)

3. “We Are One (Ole Ola)” – Pitbull, Jennifer Lopez e Claudia Leitte (Copa do Mundo de 2014)

4. “This One’s For You” – David Guetta e Zara Larson (Eurocopa 2016)

5. “Colors” – Jason Derulo e Maluma (Copa do Mundo de 2018)

6. “Vibra Continente” – Léo Santana e Karol G (Copa América 2019)