Dia: 5 de Fevereiro, 2021

Mumuzinho lança seu novo álbum, intitulado “Playlist”, perfeito para os apaixonados ou para quem estiver sofrendo por amor. Com sete faixas, o projeto marca o retorno à música romântica do expoente do novo samba brasileiro, que hoje soma mais de 8 milhões de fãs nas redes sociais. Para a entrega do novo trabalho, Mumuzinho convidou como produtores os amigos Bruno Cardoso, vocalista do Sorriso Maroto, e Leandro Gomes, o Lelê (ex-percussionista do grupo), resgatando a parceria vitoriosa dos três primeiros álbuns do cantor, “Dom de Sonhar” (2012), “Mumuzinho Ao Vivo” (2013), “Fala Meu Nome Aí” (2015) e “A Voz do meu samba” (2018).

Nas plataformas musicais, Mumuzinho se consolidou como um dos maiores sambistas da atualidade. “Playlist”, o primeiro single do novo álbum, ultrapassou 1,9 milhão de streams no Spotify em apenas um mês. O EP “Mantra”, lançado em fevereiro de 2020, registrou 3,1 milhões de reproduções e emplacou o hit “Mantra”, com mais de 2,5 milhões de acessos. Outro sucesso de 2020 foi “Guerra de almofada”, do EP “Live Vol. 1”, com mais de 1,5 milhão de execuções. Confira o álbum e em seguida alguns detalhes sobre esse lançamento:

Ele contou que o álbum unifica todos seus projetos de uma maneira que agrade o publico e ainda tenha o que ele queira passar, um disco perfeito para quem gosta de samba ou pagode.

Ao ser perguntado sobre as referencias que usou nesse álbum, ele disse que:

Péricles, o próprio Dilsinho que ajudou no álbum e Thiaguinho, que passa bastante esse ar romântico nas musicas” – E completou – “Eu acho que o meu papel na musica é ser mensageiro, pagodeiro e não sambista. Essa onda nova que eu estou passando e bem o que a galera mais nova de ambos gêneros passa.”

Vocês acreditam que 50% do álbum foi graças a esposa do Mumu? Ele contou que o casamento contribuiu pro carácter dele, ensinou muito, trouxe muita felicidade pra vida dele e obviamente serviu como inspiração para esse novo projeto.

“O que ta faltando hoje em dia é amor, humildade e é isso que quero tentar passar com esse novo projeto”

O processo de composição das musicas foi todo online com a ajuda da Universal Music, com a ajuda de compositores fortes que obviamente não poderiam faltar nesse trabalho.

Assim como muitos artistas, ele contou que a maior dificuldade de produzir na pandemia é o investimento meio que sem retorno, pois não tem shows presenciais, o que dificulta muito. Mas também disse que o maior retorno é o sorriso e a alegria dos fãs.

Era um álbum visual que vocês queriam? É um álbum visual que vocês irão ter, Mumuzinho revelou que sairá clipes semanalmente de TODAS as faixas do projeto, que inclusive conta com varias parcerias que na coletiva a gente ficou no suspense, mas agora vocês já sabem bem. E se esperavam uma turnê pós pandemia, já guardem o dinheiro de vocês que o Mumuzinho disse que esta ansioso pra trabalhar com o álbum em uma turnê pós pandemia e que sente muita falta dessa energia.

Ao ser perguntado de uma pessoa com quem ele sonha em fazer parceria, pega a resposta dele:

Djavan, já cantei com ele uma vez mas tenho uma vontade absurda de gravar uma canção com ele. O Djavan é o ápice, um nível superior da musica brasileira… Imagina eu tirar onda daqui uns 10 anos que gravei com o Djavan? Nossa!”

Ele também deixou claro que futuramente ira apresentar uma das musicas no The Voice +, versão sênior do Reality show, que se passa na globo e aonde ele técnico, ao lado de Daniel e Claudia Leite.

Voltando sobre o assunto da dificuldade de trabalhar com musica na pandemia, ele contou que os que saem mais prejudicados é a equipe por trás do show, lançar projetos novos motiva e da uma esperança para eles, isso que importa, esperar dias melhores.

Ele contou que alem do álbum, os fãs podem esperar muitas musicas alegres e continuara na globo nesse 2021. Com o sonho de um dia apresentar o próprio programa musical, apenas ele.

Não se esqueça de conferir o clipe de Playlist, com a participação da influenciadora e BBB, Camila de Lucas:

 

Davi Alexandre Magalhães de Almeida tinha apenas 17 anos quando emplacou “Oh Juliana” em primeiro lugar na lista de canções mais ouvidas do Spotify Brasil em 2020, tornando-se também o primeiro brasileiro a figurar na Billboard Hot 200. Filho de empregada doméstica, até o começo do ano passado o cantor nunca havia lançado uma música e levava a vida como funcionário de uma fábrica de suplementos alimentares em Ribeirão Preto, no interior de São Paulo.

Depois de explodir com “Na Raba Toma Tapão”, parceria com o DJ Markim WF, de Belo Horizonte, que nasceu em plena pandemia, o jovem começou a fazer seu nome da indústria como Niack. Agora, aos 18 anos, o artista se prepara para a sua primeira colaboração internacional.

Nesta sexta-feira, dia 5, “Vida” chega como o primeiro single ano do cantor, com participação inédita em dose dupla. Maejor e Sofía Reyes se juntam a Niack em uma faixa que reúne muitos sentimentos e trechos em três idiomas: inglês, português e espanhol.